terça-feira, 17 de outubro de 2017

JPS PREPARA LIVRO PARA SEU CONGRESSO ESTADUAL



A JPS SC estará lançando em novembro um pequeno livro em homenagem a sua caminhada, contendo textos de diversos ex colaboradores e presidentes. O livro falará sobre juventude, juventudes partidárias e suas participações na juventude popular socialista.

Lista dos convidados: João Passos, Celio Kupkowski, Tonico, Alisson Micoski, Eduardo Assis, Luciano Formighieri, Jefferson Fonseca, Carina, Guilherme Pontes, Luis Felipe, Nayara Veronese, Gabriel Kazapi,  Pedro Jhoni e Bruno Marques.

 

O PERIGO REACIONÁRIO

 
Vivemos um momento de crescimento do reacionarismo no mundo e esse movimento, que se alastra a cada dia, precisa ser enfrentado com firmeza sob pena de vermos, nos próximos anos, a derrubada de conquistas históricas.
Na mira desses grupos radicais estão os direitos humanos, o direito de livre escolha, a liberdade de circulação das pessoas, a arte e até mesmo a política. Não é à toa que recente levantamento do Instituto Paraná pesquisas apontou que 43,1% dos brasileiros defendem a volta da intervenção militar no Brasil. Outros 51,6% são contra e 5,3% não sabem ou não responderam.
A pesquisa reflete a onda reacionária que tem se proliferado não só no Brasil, mas no mundo inteiro, e também o desconhecimento histórico, por parte de parcela da sociedade, sobre as atrocidades praticadas durante a ditadura militar no Brasil. A junção do desencanto com a política, falta de conhecimento e busca por um salvador da Pátria acaba desaguando em resultados como esse. E, perigosamente, abre um corredor para o crescimento de políticos que se utilizam do populismo radical e do discurso messiânico para alavancarem suas candidaturas.
Trata-se de um processo mundial que tem como sua maior exemplificação a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos. Esse mesmo movimento também vem crescendo na Europa, em países como a França e Alemanha, e em outras regiões do planeta.
No Brasil esse radicalismo cresceu com a série de escândalos de corrupção dos últimos governos e com a incapacidade das forças progressistas de enfrentar e resolver gargalos como o aumento da violência, a geração de emprego e a melhoria da qualidade de vida da população. O Brasil é hoje um país em desencanto e todo esse processo deixou o cidadão descrente da política.
Nesse cenário muitas pessoas acabam embarcando em movimentos erráticos. Uma parcela grande da população que não viveu a ditadura e não conheceu o retrocesso que ela trouxe para o país é levada a acreditar que uma intervenção militar resolveria os problemas do país. Pelo contrário, a situação se agravaria e as liberdades, conquistadas após tanta luta pela democracia, estariam em risco.
A pesquisa divulgada, e outras que apresentam resultados semelhantes, servem de alerta para o meio político que precisa urgentemente mudar as suas práticas viciadas.
A manutenção da velha política acabará por reforçar as forças retrógradas que querem ver nosso país de novo sob a mordaça do autoritarismo e do famoso bordão “prendo e arrebento”. É hora de agir, de fazer o contraponto ao discurso reacionário, e de deixar de fingir que não há uma ameaça ao nosso redor.
Nossa crise precisa ser resolvida por meio da democracia e a melhor arma para mudar o futuro do país não é o fuzil, mas o conhecimento e o voto.
 
Rubens Bueno (Dep Federeal - PPS/PR)
 
Fonte: Blog do Noblat

domingo, 8 de outubro de 2017

JPS SC: RUMO AO CONGRESSO


 


O Facebook relembra que a exatos 6 anos eu encerrava minha participação na Juventude Popular Socialista de SC.

 

Órgão de cooperação mais ativo  da estrutura partidária, a JPS/SC, sempre exerceu seu papel crítico e defensor dos princípios partidários, mesmo que muitas vezes tivesse que retumbá-los no âmago do próprio Partido.

 



Santa Catarina sempre exerceu seu protagonismo na seara da Juventude do PPS, foi assim com João Passos, seguido por Célio Kupkowski, Antonio Marco Silveira Duarte (Tonico), eu e atualmente, tendo o Eduardo Assis, como presidente.

Sempre forjados pela liderança aguerrida e a criatividade, pois ao longo do período, nenhum de seus dirigentes participou a mesa da distribuição de espaços no poder.

Lembro-me uma única vez, quando a pressão foi tão forte no comando do Partido, que fora marcada uma reunião com o governador Luiz Henrique da Silveira, no fim  me perguntaram, e vcs da Juventude o que querem de cargos? Respondi, "que o Governador possa abrir espaços para alguns  companheiros que foram candidatos a deputado estadual pelo Partido, pois é graças a eles que temos um deputado estadual", pode soar como ingenuidade, mas somos assim, nosso coletivo catarinense age em unidade e mirando o fortalecimento como um todo, pena que em outros tempos o PPS não compreendeu isso, e sofremos até hoje com essa herança.

No plano nacional,  mesmo com costumeiras dificuldades,  a seção catarinense  sempre é acionada para convergir e construir propostas, e isso é motivo de nos orgulharmos.

E agora, na caminhada congressual frente nossa realidade,  a Juventude cumpre minimamente seu papel e trabalha por sua renovação, fazendo-a na arena democrática e sob forma congressual, isso os legitima e fazem sempre ser um diferencial dos demais órgãos de cooperação.

Que venha a renovação e que nunca termine a verve provocativa que impulsiona e que nos força o debate interno!

Por Alisson Luiz Micoski
Ex Presidente JPS SC

quarta-feira, 4 de outubro de 2017

A NOVA JPS DE BALNEÁRIO CAMBORIU

JPS de Balneário Camboriu


Na última quinta-feira (28/09) a cidade de Balneário Camboriú realizou seu Congresso Municipal, dezenas de militantes e simpatizantes lotaram a Associação Unidos dos Pioneiros  para prestigiar a eleição do novo diretório.

No mesmo dia jovens em Congressso elegeram a comissão executiva que irá desenvolver os trabalhos da JPS no município.

Foi eleito na direção o Presidente José Henrique, estudante de administração que contará ainda na direção com o auxílio de João Vitor Cassol, Fabiana Melotto,  Mario Antônio Cândido,  Daniela Cezar Lopes, Renan Spernau, Eliziane Cordeiro, Pedro Ernesto dos Passos e Reginaldo Souza Júnior.

Na foz do Rio Itajaí Açu já realizaram o congresso da JPS as cidades de Itajaí, Navegantes e Balneário Camboriú.

25 ANOS DA VITORIA DA FRENTE POPULAR

Capa do Jornal O Estado


"O poder em Florianópolis sempre foi dividido entre forças tradicionais, que se revezaram ao longo do tempo no comando da prefeitura, seja diretamente, seja por meio de seguidores. Houve duas exceções que romperam esse ciclo: Edison Andrino (PMDB), militante de esquerda e líder estudantil nos anos 1960; e Sérgio Grando (PCB), liderança atuante nos meios estudantis e do magistério entre as décadas de 1970 e 1980".  Jornalista Carlos Damião.
 
Grando elegeu-se em 1992, em coligação chamada Frente Popular, que reunia PCB, PT, PSDB, PCdoB, entre outras legendas. Na disputa, sua vitória era considerada quase impossível, por causa do eleitorado conservador da cidade.
Empossado em 1993criou o “Cestão do Povo”, estabeleceu 16 linhas de ônibus nos morros, implantou rede de água e esgoto a partir das partes mais altas da cidade e realizou um programa de pavimentação. Ao final da legislatura em 1996, foi escolhido em pesquisa realizada pelDatafolha e Folha de São Paulo um dos melhores prefeitos do país. Ainda em sua gestão, Florianópolis obteve pela primeira vez o título de “Capital da Qualidade de Via”, conferido pela ONU.
 
 

terça-feira, 26 de setembro de 2017

A Juventude de Itajai se integra ao Movimento Brasil em Frente!

JPS ITAJAI, Cristovam Buarque, Carmen Zanotto e Fabricio Marinho



 
No sábado dia 16/09 a Juventude Popular Socialista de Itajai realizou seu congresso municipal, onde foi renovada toda a sua executiva, Guilherme Correa, estudante de direito passará a conduzir a juventude itajaiense pelos próximos dois anos. No encontro Guilherme Campestrini, ex presidente fez um resumo do seu mandato e das conquistas da JPS, usaram da palavra de Eduardo Assis (presidente estadual da JPS) e Fabricio Marinho (presidente municipal do PPS).

Além da eleição da nova direção a juventude realizou debates ondem foram aprovados uma moção contra a corrupção e contra o governador Raimundo Colombo, uma manifesto de contrariedade a construção do presidio federal em Itajai e um documento congressual  em apoio a candidatura á presidente da república do senador Cristovam Buarque (PPS-DF).

Aproveitando que o Senador estava na cidade no domingo (17/09) a JPS Itajai se fez presente na câmara de vereadores onde entregou em mãos o manifesto de apoio.

A Juventude de Itajai é composta por Guilherme Correa, Talien Stachuk, Roberto Cruz, Leonardo Koch, Matheus Cardoso, Marcos Roberto e Paulo Alves.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

JUVENTUDE LANÇA O DESAFIO DA CANDIDATURA PROPRIA

Eduardo Assis - JPS SC
Neste último sábado (26/08) na histórica cidade de Santo Amaro da Imperatriz, região da grande Florianópolis, aconteceu o encontro de prefeito, vice prefeito e vereadores do PPS de Santa Catarina.
 
A coordenação de juventude e as mulheres apresentaram seu planejamento estratégico e explicaram a importância dos congressos municipais e a observância das regras eletivas.
 
Durante sua fala a juventude de Santa Catarina cobrou mais encontros regionais e debates que se fazem necessários para o crescimento orgânico do partido. Esclareceu os congressos da JPS e a importância de renovação da juventude partidaria.
 
Eduardo Assis entre outras falas, falou sobre o esgotamento do atual modelo politico e do cenario que se apresenta, de velhos atores que mais uma vez tentaram ludiriar a população que vive sem esperanças de melhoras ou mudanças.

"Não podemos trazer o velho populismo vestido de nome, com um nome mergulhado em denuncias, nem os outros tão iguais em metodos e personalidades", disse Eduardo
 
Com entusiamos lançou o desafio da candidatura própria, o qual foi aclamado com entusiasmo por todos o nome de Cristovam Buarque como uma alternativa sóbria e necessária ao Brasil e todo apoio ao movimento #Brasilemfrente #Cristovampresidente
 
Ainda ficou registrado que os municípios farão sua moções municipais de apoio ao Cristovam que irão desaguar no congresso estadual, onde poderá ser feito um amplo debate e tomado uma decisão oficial que será levado a direção nacional do PPS.
Nicollas - Florianopolis
 

quinta-feira, 10 de agosto de 2017

#BRASILPRAFRENTE #CRISTOVAMPRESIDENTE


 
 
Juventudes do PPS declaram apoio pela candidatura Cristóvam Buarque Nesta segunda-feira (07), as JPS (Juventude Popular Socialista) dos Estados do Acre, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná e Santa Catarina emitiram um documento para oficializar o apoio ao nome do Senador Cristóvam Buarque (PPS-DF) como pré-candidato à presidência da República. Os jovens destacam que Cristóvam se apresenta como a melhor alternativa na atual conjuntura política brasileira, representando a terceira via, a Educação e principalmente a valorização do jovem.

Leia abaixo a moção de apoio: Um Novo Brasil é Possível: Cristóvam Buarque, Presidente!

 A Juventude Popular Socialista (órgão de cooperação do Partido Popular Socialista) dos nove Estados que assinam este documento, vem perante os companheiros filiados ao PPS e a toda a sociedade brasileira dar publicidade ao apoio à pré-candidatura do Senador Cristóvam Buarque (PPS-DF), para representar o PPS na campanha à Presidência da República em 2017. A atual conjuntura política nacional demostra que as portas da história do Brasil estão abertas para a mudança.

As recentes eleições no Estado do Amazonas, onde o PPS apresentou a candidatura de Liliane Araújo ao governo do Estado, deixaram claras as posições do partido, o protagonismo da juventude e a coragem de promover a renovação política. Os seguidos escândalos de corrupção, o alto índice de desemprego – sobretudo entre os jovens – a desigualdade social, a ausência de perspectivas de crescimento sustentável, entre outras diversas situações de insegurança econômica e social que hoje vivenciamos colocam em questão as insuficiências e limites estruturais do atual modelo político e econômico, em que prevalecem os interesses de uma minoria de privilegiados sobre o bem-estar da maioria da população.

O Senador Cristóvam Buarque representa, na prática, o que está apresentado no Programa do PPS 2017/2018. O importante para o partido no atual quadro político é fortalecer o que torna o seu programa distinto dos projetos que se esgotaram nos governos pós-democratização, bem como dos projetos que hoje se anunciam, mas que padecem de um convencimento mais objetivo.

Há dois aspectos da vida e trajetória de Cristóvam Buarque que o destacam como o político de expressão nacional com mais qualificação para reconstruir o nosso país: paixão e confiança na Educação como principal instrumento de libertação, prosperidade e realização, tanto para as pessoas quanto para o Brasil, acompanhado de uma compreensão profunda das deficiências do país e do quanto falta para a concretização do projeto preconizado pela Constituição de 1988, entendendo pela necessidade de efetivar os direitos garantidos constitucionalmente e eliminar os entraves que hoje nos mantém no estado de estagnação socioeconômica em que nos encontramos; em segundo lugar, Cristóvam tem larga experiência intelectual e política, na academia, no Legislativo e no Executivo: foi professor, reitor universitário, governador do Distrito Federal e é, atualmente, Senador da República.

Por sua história de transparência, ética, coerência e luta em defesa da educação e da juventude, Cristóvam Buarque é o nome que está à altura desse grande desafio que é dar voz à demanda de reformas que o Brasil conclama. Um Novo Brasil é Possível: Cristóvam Buarque, Presidente!

Assinam este documento as Juventudes do PPS dos Estados do Acre, Espirito Santo, Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Paraná e Santa Catarina.

segunda-feira, 29 de maio de 2017

#FORATEMER NÃO VAMOS DESISTIR DO BRASIL




 
Primeiramente #foratemer, em segundo, terceiro e assim por diante uma serie de reflexões e principalmente de verdades que precisam ser ditas, que ficaram para história como o momento mais conturbado, egoísta e maluco da política brasileira.

A política deveria ser a arte de dialogar e esta, deveria ser para o povo motivo de melhora de vida, de protagonismo e principalmente de educação, mas não é! Hoje a maioria dos entes políticos mentem e enganam a população, levando o povo a alienação política, achando que tudo é agua e fogo, tornando o pais num imenso fla x flu, sendo bom somente para os egoístas que pouco se importam com o verdadeiro povo ou com os verdadeiros fatos, apenas importando-se com seu pensamento e sua agremiação política.

Temos um judiciário e um ministério público com ânsia de notoriedade publica, vivendo sim um estado judicial ou uma “ditadura do judiciário”, o poder mais obscuro da republica, destoando da realidade econômica dos outros poderes e principalmente coagindo os outros poderes e não usando para si as leis de transparência que fiscaliza, faz cumprir ao povo e aos outros poderes.

Nesses momentos é preciso ler a história com cuidado e refletir quem está interessado em si e quem está fazendo cena para o povo, pois é um momento perfeito para os politiqueiros de plantão e falsos profetas.

Por fim, a única coisa que tem segurado a ordem social neste pais é a constituição, sendo que nesse momento mexer na mesma ao bel prazer é golpe, é aproveitamento, é egoísmo e muito perigoso, vamos respeitar o devido processo legal, o estado democrático de direito, pois só a nossa carta maior pode garantir a democracia.

Portanto #diretasjá é uma mentira, daqueles que não tiveram qualquer responsabilidade com a história nem tampouco com o Brasil, fiquem de olho! Vejam em quem não assinou a constituição, quem não participou do colégio eleitoral, quem não votou no plano real, quem não deu estabilidade ao governo Itamar e quem votou, fortaleceu e disse que era o melhor vice para o Brasil, o Michel Temer, assim ficará fácil conhecer, quem está ao lado do povo e quem usa o povo.

 

#FORATEMER
#ASSUMAMACAGADAQUEFIZERAM
#HUMILDADE
#NÃOVAMOSDESISTIRDOBRASIL

 
Eduardo Assis

quinta-feira, 18 de maio de 2017

NOTA: #ELEIÇÕES DIRETAS PARA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA JÁ!


#ELEIÇÕES DIRETAS PARA PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA !


Na mesma grandeza que de forma coerente apoiamos o Impeachment de Dilma Rousseff e com a responsabilidade exigida para o momento, a Juventude Popular Socialista de Santa Catarina, JPS-SC, vem através da presente NOTA, defender a IMEDIATA SAIDA DO PPS DO GOVERNO DE MICHEL TEMER e que a BANCADA FEDERAL TENHA POSTURA INDEPENDENTE NO CONGRESSO NACIONAL.

A JPS-SC enaltece todas as posições de nossos deputados, o líder ARNALDO JORDY, nossa vice-líder e presidente regional, CARMEN ZANOTTO e de ELIZIANE GAMA, comprovando que todas as suas preocupações quanto a urgência para se votar proposições tão sérias e que modificam a vida de tantos brasileiros, não poderiam ser levadas a toque de caixa e no afogadilho,. Hoje, passa-se a impressão de que o Presidente Michel Temer, tem compromissos nada republicanos e precisa entregar para as sombras que lhe circundam.

Defendemos que desde logo a Presidente do Supremo Tribunal Federal, STF, Ministra Carmen Lúcia, assuma a Presidência da República, vez que o deputado Rodrigo Maia (presidente da Câmara) e o senador Eunício Oliveira (Presidente do Senado) s]ao alvo de investigações ana Operação Lava Jato.

Coerência e compromisso Republicano é o que a JPS-SC pugna dos líderes nacionais do PPS.
DIRETAS JÁ!

Florianópolis, 18 de maio de 2017.


Direção Estadual da JPS de Santa Catarina